SPFW nº41 – dia 03

Chegamos na metade da semana e parece até de propósito que bem nesse dia tivemos uma estréia muito aguardada. Sim estou falando d’À La Garçonne, grife que fará essa estreia com uma coleção assinada pelo querido Alexandre Herchcovitch.

No dia ainda teremos as coleções super aguardadas (pelo menos pra essa que vos escreve) de Isabela Capeto e Samuel Cirnansck. Mas ainda contaremos com desfiles de Vitorino Campos, Iódice, Reinaldo Lourenço, Tryia e Ellus 2nd Floor e Lenny Niemeyer.

Então mãos à obra:

Vitorino Campos: quando Vitorino estreiou no evento era considerado o menino prodígio da moda e rapidamente virou o queridinho das editoras de moda. Ao longo dos anos ele foi mudando, assumiu a criação criativa da Animale e talvez por essa proximidade com outro tipo de público, a grife homônima ganhou outros ares. Hoje a grife não lembra aquela de roupas estruturadas da primeira coleção. As últimas coleções já davam indícios de mudança e nessa coleção acho que foi o ápice. A coleção é super urbana e com peças para serem usadas no dia a dia. Cheia de jeans, blusinhas e vestidos leves. Achei as peças bem interessantes e de forma geral, são ótimas para os fim de semana de verão, para dias de sol e relax. Ainda sinto falta das peças estruturas, mas esta coleção esta bem mais interessante que a passada rs

SPFW n41 Vitorino Campos

Reinaldo Lourenço: um dos temas que Reinaldo usou com inspiração foram os anos 1980, mas olhando bem perto, achei o desfile com pegada do 1920 e 1930, principalmente na padronagem dos vestidos que apareceram no 1/3 final. O que eu mais gostei foram as listras, sempre com um toque de cor misturado ora em preto, ora em branco, ora em P&B. Como eu não curto tons metálicos, dispensaria o tom dourado/cobre de algumas peças, mas tenho de admitir que deram todo o toque glam (e bem anos 1980) para a coleção. Também gostei como Reinaldo passeou bem entre os looks para dia e para noite. Algumas peças, inclusive, podem ser usadas em qualquer horário do dia e vai do trabalho para um happy hour ou para um jantar mais formal.

SPFW n41 Reinaldo Lourenço

Isabela Capeto: Isabela é uma das estilistas mais delicadas que temos no Brasil. Do time de estilistas que fazem um tipo de moda individual, com DNA super marcado e para um público específico. Esta ao lado de Adriana Barra, Chris Barros, Emmanuelle Junqueira e Paula Raia no quesito genialidade e originalidade. Ela (s) não segue (m) tendências e fazem um tipo de moda muito em falta atualmente: moda fora da caixinha, pra um tipo não padrão de mulher (loira, magra, alta, com cara de modelo). Isabela, assim como Paula, usou o tempo como inspiração e nada mais justo, já que ela faz as coisas ao seu tempo. Ficou anos fora de desfiles e decidiu voltar para apresentar suas criações para quem não é carioca ou não acompanhava desfiles desde a época que SPFW era Morumbi Fashion #revelandominhaidade rs Isabela voltou com a mesma sensibilidade e com uma coleção que mostra exatamente quem ela é e espero que dessa vez a volta seja para ficar.

SPFW n41 Isabela Capeto

Iódice: vou confessar que essa não é da minhas grifes preferidas não rs. Sempre achei muito rebuscada, mesmo nos looks festa, sempre foi meio over pro meu gosto. Mas não é que nessa coleção parece que o jogo virou? rs gostei de vários looks e lendo a review do FFW eu entendi. A mudança tem nome e sobrenome: Simone Nunes. A estilista agora trabalha pra grife e trouxe esse ar fresh pra grife. Não que Valdemar não tivesse essa visão, mas Simone trouxe isso de forma mais leve e cool. Concordo com o FFW e acho que os looks em jeans estavam ótimos e foram exatamente esses que me causaram desejo. Espero, de verdade, que a grife permaneça nessa pegada, porque o caminho me parece mais do que acertado!

SPFW n41 Iódice

Lenny Niemeyer: chegamos naquele momento tão aguardado de uma semana de moda de verão. Sim, estou falando de biquínis, maiôs e saídas de praia. Lenny era uma pessoa que sempre desfilava no Fashion Rio e resolveu migrar para SP quando o evento carioca entrou em hiato. E tenho que dizer que a mudança foi muito bem vinda. Adoro como as peças da marca são chics sem ser exageradas e como podem ser usadas fora das praias. Olhem, reparem bem nos maiôs abaixo. São perfeições em forma de maiôs. E podem ser usados como body. do trabalho ao happy hour, em dias em que as temperaturas estão estratosféricas. Podem ser usados em reuniões noturnas e informais na praia e ficam perfeitos em cidades praianas como o Rio de Janeiro. Outro ponto que eu amei nos maiôs foram as estampas, super de acordo, sem ser clichê, com o tema da coleção: a cultura japonesa. Quanto aos biquínis e saída de praia nem tem o que falar né? São lindos e super funcionais, pois podem ser usados na praia, sem ficar over ou muito arrumada, mas também pode ser usado naquele passeio de barco em Búzios rs. É muito lyndeza, muita ryqyeza pra uma coleção só!

SPFW n41 Lenny Niemeyer

À La Garçonne: falar de Alexandre Herchcovitch de longe, sem pegar, sem tocar nas peças é algo bem complicado, mas vamos lá rs. Com essa nova marca ele veio pra mostrar como amadureceu. Não que ele fosse um juvenil na sua própria grife, mas lá, já tinha sido criado um DNA que ficava bem difícil de ser alterado. Aos pouquinhos a marca homônima foi mudando para que essa nova marca pudesse aparecer assim, livre de pré-conceitos e de acordo com que a marca já vinha fazendo em outras áreas (para quem não sabe, a marca já existe faz muitos anos, mas era focada em outras áreas como as peças vintages, tanto de quesito vestuário, quanto mobiliário). As peças trazem uma áurea de passado, mas sem deixar o tecnológico de lado. Destaque para os sapatos femininos que estavam belíssimos. Sem dúvida nenhuma, uma marca para ficar de olho!

SPFW n41 À La Garçonne

SPFW n41 À La Garçonne1

Samuel Cirnansck: o que dizer de Samuel? Ele sempre traz para a passarela uma aura de sonho, de fantasia, de fetiche. Nessa temporada os ornamentos que acompanham seus vestidos, que poucas (ou talvez nenhuma) vezes poderemos usar na vida real, me lembraram a série Games of Thrones (não, não assisto a série #diferentona, mas sempre vejo os looks aqui e acolá). Algumas pulseiras, alguns cintos, as mordaças… Posso estar completamente errada, mas foi a primeira coisa que me veio ao pensamento. O que me deixou fascinada foi a mistura de roupas delicadas com os acessórios pesados. Um perfeito high low!

SPFW n41 Samuel Cirnansck

Triya: o lado bacana das semanas de moda verão é ver as coleções de moda praia. Triya é uma dessas e é sempre engraçado ver como de fato as coleções de biquini e maiô sempre mudam. Pode parecer algo que não damos importância, afinal a maioria da população não faz compras tão regulares dessas peças, mas elas mudam e influenciam muito o que usaremos nessa temporada. Admiro real quem trabalha com marcas assim. A Triya trouxe o sol para a passarela. Cores solares e modelagens para todos os gostos e corpos femininos. Modelagens que vão do clássico fio dental, passando por engana mamãe, com detalhes e recortes até chegar ao hot pant. Os meus preferidos foram em azul do meio da coleção com cara de jeans.

SPFW n41 Tryia

2nd Floor: essa é uma grife filha da Ellus, mas voltada para um público mais jovem (não necessariamente adolescente). Pensando nisso a inspiração dessa edição veio de uma série sobre o Batman lá dos anos 1960. E não poderia ter uma inspiração mais divertida. Camisetas com estampas MUITO legais e com pegada bem rocker. O que eu mais gostei foi da cartela de cores: preto, cinza, branco. Tinha tudo pra ser sóbria, mas conseguiu ser divertida e alegre, graças as estampas que deram um toque todo especial. Excelentes peças como saias triângulo, capas compridas, vestidos e shorts na medida certa para o calor.

SPFW n41 2nd Floor

Esse foi o terceiro dia de desfiles com peças ótimas, alguns desejos e muita, MUITA inspiração para todos os gostos.

Bjks

Imagens: reprodução Zé Takahashi e Marcelo Soubhia ambos para Agência Fotosite

2 thoughts on “SPFW nº41 – dia 03

  1. Olha, não tinha visto um post tão legal assim, mostrando todos os desfiles de um dia, adorei! 🙂 Assim dá para comparar melhor, hehe
    Gostei muito das roupas dos desfiles do Reinaldo Lourenço e 2nd Floor <3

    Beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *