SPFW nº43 – dia 03

Chegamos ao meio da semana e a ideia é que tudo passe a encaminhar para descobrirmos as tendências reais. O ponto mais legal é saber que na próxima semana já poderemos comprar tudo o que apareceu durante essa. Algo que esta me deixando bem intrigada com relação ao see now, buy now é com relação as fast fashions. Como elas irão lidar nas próximas temporadas com essa relação de compra do consumidor?

Mas por enquanto, vamos nos preocupar com as coleções que passaram hoje pela passarela:

Giuliana Romanno

Giuliana tem uma moda descomplicada, de linhas retas, fácil de entender mesmo por quem não acompanha seu trabalho. A estilista preza pelo minimalismo, mas nem por isso faz modelos básicos. Nessa coleção ela optou por usar clássicos masculinos e o fez de uma forma muito interessante. Diferentemente do que costumamos ver quando uma peça masculina é incorporada ao guarda-roupa feminino, Giuliana optou por fazer recortes e amarrações dando assim cara nova para as peças. Parkas foram usadas com saias longas e vestidos, bermudas ganharam acabamento na barra e blazers ganharam ar refinado ao serem feitos com seda. A cartela, como sempre, de tons neutros-que-amamos com preto e marinho. Taí uma excelente coleção pros dias que desejamos ficar confortáveis e elegantes.

Isabela Capeto

Isabela Capeto se inspirou em Cariri, a cidade do interior do Ceará, que ela chamou de “Tóquio Nordestina”. Mas o que poderia ser um retrato cheio de clichês de ambas as cidades, tornou-se um desfile bonito de ver. Com a delicadeza que lhe é característica, Isabela conseguiu mostrar de forma poética a cidade e região. Os primeiros vestidos da coleção lembravam aqueles que temos como chichê, mas unicamente por sabermos qual a inspiração da estilista. Conforme os outros aparecem na passarela, vemos belos vestidos com fluidez e estampas que remetem ao Japão apenas por conta dos tons de vermelho e azul usados. Assim como o nordeste brasileiro também aparece em detalhes como os babados das saias e vestidos. Para quebrar o ar de delicadeza capas acompanham os looks e que remetem ao kimono japonês. A cartela de cores conta com tons nada invernais como rosa, vermelho, laranja, preto e verde musgo.

Memo

Segundo desfile da grife e primeira com coleção da estilista Lilly Sarti, a Memo é uma grife apenas de looks ginástica. Mas o que pode parecer algo completamente fútil acaba por causar desejo, uma vez que muitas roupas não parecem ser para esta finalidade, mas sim roupas normais do dia-a-dia. Shorts, saias, vestidos, blusas e tops podem ser usados na academia, em jogos de fim de semana ou até em ambientes descontraídos, com roupas que não sejam de ginástica. O quê da coleção é justamente não parecer roupa de ginástica. A inspiração veio de esportes de inverno, por isso a cartela de cores conta com tons de branco, vermelho, mescla e preto, além de formas geométricas na estamparia.

Fabiana Milazzo

Se existe um acerto da semana, até esse momento, foram as estreias. Assim como Sissa arrasou ontem, Fabiana veio hoje pra nos deixar boquiabertos. Com um trabalho social incrível, ela mostra em suas peças toda a delicadeza que possui. Os vestidos fluidos, em sua maioria longos, cheios de bordados e estamparias deixa qualquer ser humano encantado. Toda delicadeza da estilista está presente em suas peças. Mas não pense que os vestidos são para uma única ocasião, muio pelo contrário! Além dos vestidos fluidos que podem ser usados no dia-a-dia ou em eventos não tão formais, ela também nos mostra peças mais estruturadas, perfeitas para eventos noturnos mais sérios. Parabéns para Fabiana que já em sua estréia consegue nos fazer enxergar certeiramente a mulher consumidora de suas peças.

Apartamento 03

Com muita alfaiataria a grife chegou com peças delicadas e muito usuais. Pesados vestidos de veludo dividiram espaço com saias estruturadas e casacos bordados.  A cartela de cores não teve muita variação e ficou entre branco, preto e azul royal. A maioria das peças possuíam bordados em flores e as poucas peças com estampas eram super divertidas, como a estampa de formiga do look 9. A modelagem também veio para deixar a mulher elegante, uma das característica da marca, mas muito confortável.

Ellus 2n Floor

A 2nd Floor tem como característica ser uma marca jovem, mais descolada e menos rocker do que sua mãe, Ellus, e nessa temporada ela conseguiu com maestria fazer essa diferenciação. Com peças cheia de jovialidade, as meninas e os meninos fãs da marca irão adorar. Abusando de comprimentos curtos, os vestidos quase sempre estavam acompanhados de uma blusa ao estilo segunda pele ou de casacos descolados. Já para os meninos os casacos estavam mais diversificados indo do clássico moletom com capuz ao casaco pesado de frio, que ganhou ar glam com tom dourado brilhante. A cartela de cores estava alegríssima, abusando de azul em várias tonalidades e sendo pincelado com vermelho, preto, verde-musgo e branco.

Com os desfiles de hoje já pudemos perceber alguns pontos diferentes. Alfaiataria esta fortíssima e quase todas as grifes apostaram em maior ou menor grau. Com relação as cores, também apareceram vermelho, preto, branco e verde-musgo com certa frequência. Mas vamos acompanhar, pois ainda faltam dois dias de evento e tudo pode mudar.

Pra saber todas as informações sobre os desfiles, acesse FFW. Lá estão todas as fotos de desfiles e bastidores, além de matérias especiais.

Bjks

Imagens: Zé Takahashi e Marcelo Soubhia (Agência Fotosite)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *