SPFW-n44-dia04-cafofo-da-camila

SPFW nº44 – dia 04

Chegando ao meio da semana, eu fiquei com a impressão que a moda brasileira esta sim seguindo uma mesma linha.

Algumas mudanças no estilo de desfiles, uma estilista gringa convidada e um estilista disponibilizando moldes de looks apresentados nessa coleção. Vem saber tudo o que rolou no 4º dia da semana de moda mais importante do país:

  • GIULIANA ROMANNO

As coleções de Giuliana são sempre aqueles momento de paz na semana. Com estilo minimalista, a estilista sempre traz peças com corte reto, de alfaiataria e hiper elegante. Para esta temporada ela apostou em peças bem femininas, com saias em comprimento mídi e com muito movimento, criando uma nova silhueta para sua mulher. Os babados estavam em detalhes de algumas blusas, mas estas também ganharam decotes delicados. A cartela de cores foi bem sóbria em tons como branco, cru e nude.

SPFW-n44-Giuliana-Romanno-cafofo-da-camila

  • VITORINO CAMPOS

Vitorino optou por não fazer desfile nessa estação. Como algumas marcas gringas fazem, ele liberou fotos de um editorial, onde pode-se ver peças em tom branco. São vestidos curtos, quase bandage, calças de cintura alta, casacos estilo bomber e muita minissaia. Coleção muito comercial, que tem tudo para agradar até quem não é fã da marca. O estilista optou por disponibilizar alguns moldes de peças das coleções e informou que suas peças serão produzidas para tamanhos até o 46, o que não deveria ser um feito para se comemorar, quando pensamos que a maioria da população usa tamanhos, em média, 44. Por outro lado é ótimo que uma marca de dessa importância abra esse espaço e quem sabe, assim, não possa influenciar outras marcas a seguirem o seu exemplo.

SPFW-n44-Vitorino-Campos-Cafofo-da-Camila

  • LENNY NIEMEYER

Se tem uma coisa que eu acho engraçado em alguns desfiles de moda praia são as roupas que aparecem na passarela. Confesso que acho um pouco exagerado algumas apresentações, mas quando você olha para a história da marca, dá para entender cada peça. É o caso de Lenny. A estilista é super conhecida por sua elegância e transmite isso em suas peças. Mesmo que para nós, paulistas e paulistanas que entendemos praia como algo divertido, para descanso em feriadão, possa parecer exagero alguns itens da coleção, eles fazem muito sentido para o universo da estilista. As peças super transmitem a sofisticação que as clientes pedem, por isso ela abusa de drapeados, cores e grafismos. As modelagens de biquínis seguem o padrão da marca: pequenos na parte de baixo e bem diversificados na parte de cima. Os maiôs podem ser usados numa festa mais chique na praia ou barco ou na cidade, com saia ou calça jeans. O item mais criativo da coleção? O maiô da capa do post, que faz o desenho de uma concha. Mais sereia impossível!

SPFW-n44-Lenny-Niemeyer-cafofo-da-camila

  • VANESSA MOE

A estilista é australiana, trouxe uma coleção inspirada em aborígenes e fez uma participação especial na edição. Para saber mais sobre o trabalho dela, acesse o site.

SPFW-n44-Vanessa-Moe-cafofo-da-camila

  • PATBO

Patrícia Bonaldi arrasou nessa coleção. Com ar vintage, ela mostrou peças de verão que remetem ao século passado, especialmente a década de 1920. A referência é percebida em babados, comprimentos e, claro, nas sombrinhas que algumas modelos carregavam. Não é a versão clássica de moda verão vintage, pois ela conseguiu trazer as peças para o momento atual com cores, estampas, bordados e tecidos. A estamparia trabalha com bordados florais e xadrez, mas sem deixar as peças pesadas de muitos elementos. O styling também ficou impecável com as cores sendo adicionadas aos poucos e terminando em look com elementos escuros, fazendo exatamente o desenho comum de peças pastel na primavera, tons coloridos e fortes no auto-verão e as cores escuras sendo adicionadas com a proximidade do outono. Estava bonito de ver.

SPFW-n44-PatBo-cafofo-da-camila

  • TWO DENIM

A marca sempre traz novos estilistas para fazer suas coleções. Nessa edição, a convidada foi Karen Fuke, ex-estilista da Triton. Com pegada vida real, a marca trouxe para a passarela itens comuns ao guarda-roupa de qualquer pessoa. Além do jeans, é claro, um visual mais básico, com muitas peças em algodão branco. Na metade do desfile, os looks passaram a ser mais coloridos e com outros estilos. O que mais me chamou a atenção é que as roupas apresentadas podem (e devem) ser usadas em várias ocasiões e temperaturas. É o tipo de item que todo mundo merece ter no guarda-roupa.

SPFW-n44-Two-Denim-cafofo-da-camila

  • LAB

Cada desfile da Lab é um tapa na cara da sociedade. Vou deixar aqui a resenha que a Camila Yahn fez no FFW. Corram lá para ler, porque esta maravilhosa, e eu não tenho mais nada para acrescentar ao que ela escreveu!

SPFW-n44-LAB-cafofo-da-camila

  • ÁGUA DE COCO

Foi cada biquíni que apareceu nessa coleção que me deixou de queixo caído. A coleção foi inspirada em Bali, na Indonésia, por isso a quantidade de peças em tom de verde, cobre e nude. Elas transmitem as folhagens do lugar, assim como as areias das praias. A inspiração também aparece nas estampas de maiôs, biquínis e vestidos. Também aparecem em detalhes como trançado de alguns biquínis e vestidos, característicos do local. A parte final do desfile, toda em nude foi a minha parte preferida.

SPFW-n44-Água-de-Coco-cafofo-da-camila

De forma geral eu senti uma continuidade do que foi apresentado anteriormente. A ideia de moda real, pronta para ser usada no dia a dia, continua na mesma pegada dos outros dias. Algumas referências aparecem novamente nesse dia, então já dá pra imaginar que os próximos dois dias serão dessa mesma forma. Guardadas as devidas diferenças, cada marcar trabalhou muito bem essas referências!!!

Pra saber todas as informações sobre os desfiles, acesse FFW. Lá estão todas as fotos de desfiles e bastidores, além de matérias especiais.

Bjks

Imagens: Agência Fotosite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *